Arquivos produtos inegociaveis magalu - Gubee Skip to content

Produtos proibidos: descubra quais itens devem ficar de fora do Magalu Marketplace

Na hora de começar a vender em um novo marketplace, é importante estudar as políticas da plataforma para entender, dentre outras questões legais, quais são os produtos proibidos para negociação.

Cada marketplace se refere aos produtos proibidos de formas diferentes. No Magalu Marketplace, a principal plataforma da qual vamos falar hoje, eles são os chamados Inegociáveis.

De acordo com o Magalu, essa medida é parte do seu programa de Proteção de Marcas que além dos produtos proibidos, inclui ações que visam proteger marcas contra fraudes.

Os produtos inegociáveis são um conjunto de princípios que norteiam o Magalu Marketplace e tem como objetivo combater a venda de produtos que vão contra as leis.

Vamos conhecer cada um deles?

Produtos proibidos sem Nota Fiscal

Para vender no Magalu Marketplace, é fundamental que os produtos sejam encaminhados aos clientes junto com suas respectivas Notas Fiscais.

A Nota Fiscal deve ser incluída no despacho seja qual for o regime fiscal em que o vendedor esteja inscrito.

Ela também precisa trazer todas as informações do produto, incluindo tipo, marca, modelo, série, inclusive dados de como e onde foi adquirido.

Além disso, nela precisa constar o valor total pago pelo cliente, ou seja, a soma de Produto, Frete e Custos Adicionais.

Inclusive, com a Nota Fiscal em mãos, o cliente terá seus direitos de consumidor assegurados e garante a arrecadação de impostos.

Isso comprova que seu negócio está de acordo com as leis vigentes.

Produtos Falsificados

Os produtos falsificados são o segundo tipo de produtos proibidos no Magalu Marketplace.

Nessa categoria se enquadram os itens produzidos, vendidos e distribuídos sem as devidas autorizações e pagamentos referentes a direitos autorais.

Assim como os primeiros tipos de produtos proibidos, as falsificações também são crime no Brasil.

Levando em conta que os vendedores de produtos falsificados dificilmente expõem essa característica nos anúncios, os consumidores realizam a compra esperando receber pelo produto original, o que gera uma quebra de expectativa.

Além disso, produtos originais são testados por órgãos reguladores antes de serem comercializados, o que assegura a qualidade e segurança.

💡 Leia também: Como Tirar Fotos para Marketplace: Um Guia Completo para Vender Mais

Produtos de Origem Ilícita

O terceiro grupo de produtos proibidos no Magalu Marketplace são aqueles com origem ilícita, ou seja:

  • Importados ilegalmente
  • Produto de descaminho
  • Contrabandeados
  • Proveniente de carga roubada

Comercializar esses produtos também é considerado crime nacionalmente. Por isso, o Magalu incentiva os consumidores a checarem todos os documentos e comprovantes no ato da compra.

Então os documentos incluídos devem possibilitar o rastreamento da origem do item vendido para garantir que a sua procedência seja oficial.

Toda transparência será bem-vinda para oferecer segurança aos compradores, inclusive a disponibilidade online dos dados relacionados a sua empresa como CNPJ, razão social e o histórico de vendas.

Produtos Ilegais

Os últimos produtos proibidos da lista de inegociáveis são os ilegais. Entre eles, estão:

  • Drogas
  • Animais silvestres
  • Órgãos humanos
  • Arma de fogo
  • Munições
  • Materiais explosivos

Itens que incitam a violência ou ódio e produtos proibidos por lei também são produtos inegociáveis.

Invista na experiência dos seus clientes

Além dos produtos proibidos, o Magalu utiliza a iniciativa dos inegociáveis como uma ferramenta para educar os seus sellers.

Então a plataforma também oferece dicas com o potencial de otimizar a qualidade da marca e aumentar suas vendas na plataforma:

Primeiro, garanta que seus anúncios estejam completos e detalhados.

Isso aumenta a confiança dos consumidores em sua marca e o volume de vendas.

Envie sempre a Nota Fiscal e garanta que ela inclua o preço total do pedido, como já citamos no tópico anterior.

E sempre envie aos seus clientes as informações sobre rastreamento das encomendas.

Além disso, responda todas as perguntas e protocolos com cordialidade e sempre que houver necessidade de cancelar algum pedido, entre em contato com o cliente.

Isso se estende aos casos de atrasos na postagem ou no processo de envio do produto. O importante é mantê-los informados sobre prazos reais de entrega.

Para o cliente, o mais valioso será a transparência no processo de compra e a qualidade da experiência que ele terá com sua marca.

💡 Leia também: Fretes e entregas: o que você precisa saber para vender em Marketplaces

Vende em mais marketplaces? A Gubee vai te ajudar!

Agora você conhece todos os produtos que precisam ficar de fora das suas vendas no Magalu Marketplace.

A maioria deles se repete em outras plataformas, mas recomendamos consultar cada uma delas para garantir que suas vendas estão de acordo com os códigos de ética.

Isso porque, assim como a Magalu, o MercadoLivre, Shopee, Casas Bahia Marketplace, AliExpress e todos os maiores Marketplaces contam com uma política própria para esses casos.

Mas, sabe o que eles têm em comum?

Você pode gerenciá-los ao mesmo tempo através do Hub de Marketplace mais rápido do Brasil.

Usando a Gubee, você gerencia os maiores marketplaces e publica anúncios simultaneamente em todas as plataformas!

Além disso, você também integra todos os estoques, atendimentos, fretes e entregas.

Tudo isso de uma só vez, automatizando sua operação.

Quer saber tudo que a Gubee pode fazer por você?

Converse com um de nossos especialistas e saiba mais: