Loja Virtual ou Marketplace: por onde começar a vender online?

Se você decidiu começar a vender online, deve ter se deparado com a dúvida: Loja Virtual ou Marketplace? Qual a melhor opção e por onde começar?

Mas, para responder essas perguntas, precisamos dar um passo atrás e entender melhor o que são as duas modalidades de Comércio Eletrônico.

Em primeiro lugar: Comércio Eletrônico ou E-commerce representa qualquer tipo de transação comercial que aconteça a partir do universo digital.

E apesar de Loja Virtual ou Marketplace se enquadrarem nessa definição, ambos têm abordagens, linguagens e propostas diferentes.

O que são Marketplaces?

Fica fácil entender os Marketplaces como grandes shopping centers na internet.

São ambientes onde os vendedores oferecem seus produtos e serviços e na maioria dos casos, as plataformas se encarregam da divulgação, mediação de pagamento e, em alguns casos, até o envio.

Entre Loja Virtual e Marketplace, os marketplaces são imbatíveis quando se trata de visibilidade.
Entre Loja Virtual e Marketplace, os marketplaces são imbatíveis quando se trata de visibilidade.

Dessa forma, os melhores exemplos de Marketplaces no Brasil são:

  • Mercado Livre
  • Amazon
  • Magalu
  • Shopee
  • Shein

Eles são conhecidos pela sua conveniência, variedade, alcance e segurança.

As vantagens do Marketplace

Para decidir qual modalidade, Loja Virtual ou Marketplace, faz mais sentido para seu negócio, é preciso levar em conta algumas particularidades dos Marketplaces:

Alta Exposição

Entre Loja Virtual ou Marketplace, os maiores Marketplaces atraem diariamente muitos consumidores.

Por exemplo: em 2023, o Mercado Livre foi considerado o E-commerce mais acessado do Brasil, recebendo mais de 180 milhões de visitantes mensais.

E toda essa exposição faz com que seja mais fácil alcançar os clientes e melhorar os resultados vendendo em Marketplaces.

Custo-Benefício da Loja Virtual

Começar a vender em um Marketplace é consideravelmente mais barato quando comparamos aos custos de uma Loja Virtual.

Dessa forma, são dispensados investimentos com desenvolvimento, infraestrutura e manutenção do serviço.

Isso significa que, entre Loja Virtual ou Marketplace, no Marketplace é possível iniciar uma operação estruturada gastando muito pouco ou nada.

Logística Facilitada

A maioria das plataformas de Marketplace contam com recursos que facilitam ou até se encarregam de gerenciar toda a logística das vendas.

Na captura, as opções de logística oferecidas nativamente pelo Marketplace Mercado Livre.
Na captura, as opções de logística oferecidas nativamente pelo Marketplace Mercado Livre.

Então, entre Loja Virtual ou Marketplace, nos Marketplaces o processamento dos pedidos e os cálculos relativos ao frete são feitos automaticamente, o que facilita a operação e economiza tempo.

Confiança dos Consumidores

Por serem plataformas independentes que também investem em seu reconhecimento no mercado, os Marketplaces possuem uma grande base de usuários que confiam no serviço.

Isso faz com que a confiança se estenda aos vendedores dentro da plataforma, acelerando a decisão de compra por parte dos consumidores.

Então, entre Loja Virtual ou Marketplace, os Marketplaces já incluem uma base de clientes pré-estabelecida.

Análise de Dados Avançada

As maiores plataformas de Marketplace oferecem ferramentas que permitem entender o comportamento dos usuários e acompanhar as tendências de mercado.

Com isso, é possível orientar as estratégias dos anúncios para aumentar as vendas ao seu público alvo.

O que são Lojas Virtuais?

Outro tipo de Comércio Eletrônico, as Lojas Virtuais são como as lojas físicas, mas no ambiente virtual.

Por serem ambientes dedicados, as Lojas Virtuais são boas opções para consolidar marcas.
Por serem ambientes dedicados, as Lojas Virtuais são boas opções para consolidar marcas.

Elas contam com endereço próprio – algo como nomedaloja.com.br, e são propriedade de um vendedor ou empresa.

As Lojas Virtuais são totalmente personalizáveis: desde as características estéticas, recursos das páginas, até as experiências dos clientes.

Em contrapartida, toda essa customização precisará ser construída, então haverão custos iniciais compatíveis com o projeto. Também haverá um tempo para o desenvolvimento.

Além do mais, todos os outros processos necessários para o funcionamento do negócio como divulgação, atendimento, processamento de pedidos e pagamentos, logística e pós-atendimento ficam por conta de seus criadores.

Loja Virtual ou Marketplace?

Conquistar o sucesso online é possível através de ambas, mas cada modalidade tem características específicas que serão úteis para objetivos diferentes. Isso torna a dúvida entre Loja Virtual ou Marketplace extremamente relativa.

Começando com uma Loja Virtual

Por um lado, a Loja Virtual é a melhor opção para quem busca destacar a marca e proporcionar uma experiência personalizada para os clientes.

Ainda assim, entre Loja Virtual ou Marketplace, as Lojas Virtuais demandam investimentos de tempo e dinheiro maiores para seu desenvolvimento, além de uma operação mais robusta a longo prazo.

Um trabalho de marketing bem executado também será imprescindível para que a Loja Virtual se desenvolva e ganhe reconhecimento no mercado.

Começando em um Marketplace

Os Marketplaces são opções mais acessíveis e de baixo risco para quem está começando no Comércio Eletrônico.

Entre Loja Virtual ou Marketplace, o alcance de mercado dos Marketplaces é imediato, o custo inicial é baixo e ele é relativamente fácil de configurar.

Entre Loja Virtual ou Marketplace, os consumidores preferem Marketplaces, de acordo com pesquisa da OpinionBox.
Entre Loja Virtual ou Marketplace, os consumidores preferem Marketplaces, de acordo com pesquisa da OpinionBox.

Além disso, as ferramentas de logística e dados sobre o mercado fornecido pelos Marketplaces permitem com que o foco seja em vender e oferecer o melhor produto, com as melhores condições.

Loja virtual ou marketplace: escolha as duas!

Até aqui, fica fácil de perceber que vender online através dos Marketplaces é a solução mais acessível para quem está começando.

Ainda assim, as Lojas Virtuais são extremamente necessárias, especialmente para reconhecimento e consolidação de marca. Mas, no início, demandam de um investimento maior.

Podemos concluir então que, entre Loja Virtual ou Marketplace, ambas são relevantes e, mais do que isso: complementares! Dessa forma é possível aproveitar os benefícios de ambas as modalidades.

Então, para tornar isso possível, considere as oportunidades para tirar do papel e começar sua operação agora!

Vai de Marketplace? Com a Gubee, você gerencia todas as suas contas em um só painel!

Se você achou as vantagens de vender em um Marketplace boas, saiba que as vantagens de vender em vários Marketplaces são ainda melhores!

Com o Hub de Marketplace Gubee, você pode conectar os maiores Marketplaces do mercado e gerenciar toda a operação de um painel unificado.

Cadastre produtos, crie e edite anúncios, unifique o estoque, gere etiquetas e mais, ao mesmo tempo!

Com o Hub de Marketplace Gubee, você pode integrar:

  • Mercado Livre
  • Shopee
  • Magalu
  • Amazon
  • Carrefour
  • MadeiraMadeira
  • Leroy Merlin
  • Webcontinental
  • Extra.com.br
  • Casa Bahia
  • Ponto
  • Submarino
  • Shoptime
  • Americanas
  • Netshoes
  • Zattini
  • E contando!

Quer saber como a Gubee pode transformar suas vendas nos Marketplaces? Temos uma equipe de especialistas prontas para tirar suas dúvidas. Vamos conversar:

Hub de marketplace: o que é e como ele vai te fazer vender mais!

Todo mundo que vende seus produtos em marketplaces precisa contar com um Hub de Marketplace para fazer o negócio crescer.

Talvez você ainda não saiba, mas o uso de um Hub de Marketplace (também conhecido como Hub de Integração) se tornou essencial para quem trabalha com vendas em plataformas como Mercado Livre, Magalu e Shopee, por exemplo.

Em pesquisa recente, a Americanas apontou que 76,4% dos sellers confirmaram um aumento em suas vendas após começarem a vender nos marketplaces.

Então, já sabemos que contar com os marketplaces é fundamental para vender online. Mas, restringir suas vendas a apenas uma plataforma?

O melhor a se fazer é diversificar e publicar os produtos nas maiores plataformas. Naturalmente, isto vai tornar a operação mais complexa. É bem aqui onde o Hub de Marketplace pode ajudar.

De acordo com o E-commerce Trends, 60% das compras feitas pela internet se originam dos Marketplaces.

O que é um Hub de Marketplace?

Vamos supor que sua estratégia de vendas conte apenas com o Mercado Livre, mas você considera expandir a operação e começar a vender na Amazon também.

Assim, você começa a elaborar um plano para incluir a nova plataforma na sua operação e se dá conta de que, nesse momento, terá que administrar duas plataformas.

E por consequência gerenciar dois estoques, duas logísticas, dois canais de atendimento e assim por diante. E agora?

Para solucionar esse obstáculo e manter a operação simples, você contrata um Hub de Integração de Marketplace.

Então, em resumo, um Hub de Marketplace é o serviço que automatiza e centraliza, na mesma interface, a gestão das vendas em marketplaces diferentes.

Na Dashboard da Gubee, é simples analisar os dados sobre as vendas de todos os marketplaces.

Como um Hub de Marketplace funciona?

Para que seja possível gerenciar todos os aspectos de múltiplos marketplaces simultaneamente, os Hubs de Marketplace geralmente contam com recursos como:

  • Gerenciamento de todos os marketplaces em um único sistema;
  • Cadastro de produtos em todas as plataformas simultaneamente;
  • Logística unificada, com o mesmo estoque em todas as plataformas;
  • Emissões de Notas Fiscais automatizadas;
  • Administração dos anúncios de todos os marketplaces;
  • Impressão das etiquetas logísticas.

Eles permitem escalar a empresa economizando muito tempo – e por consequência, otimizando a produtividade.

As chances de erros durante o processo repetitivo de cadastro dos produtos em múltiplas plataformas também são eliminadas.

Mas, para além dos Marketplaces, os Hubs de Integração geralmente permitem também a integração de ERPs.

Hub de Marketplace x ERP

É comum confundir as duas ferramentas, mas o propósito e recursos de ERP são diferentes, e complementares, aos de um Hub de Integração.

Caso você ainda não conheça, um ERP (ou Enterprise Resource Planning) é um tipo de ferramenta que permite o gerenciamento completo de uma empresa, setor por setor.

Ele possibilita controle e gestão de cadastros, produtos, financeiro e os demais departamentos que a empresa contar.

Já o Hub de Integração, por sua vez, combina as funcionalidades das plataformas de marketplaces e inclui recursos que otimizam a gestão delas.

Por isso, muitos Hubs de Marketplace e ERPs podem ser integrados e facilitarem ainda mais a administração da empresa. Mas, um Hub de Integração vai funcionar normalmente sem um ERP.

Recursos de um ERP, diferente dos Hubs de Marketplace.
Recursos de um ERP, diferente dos Hubs de Marketplace.

A Gubee é o Hub de Marketplace certo para seu negócio

Para além funções que já mencionamos, comuns a todos os Hubs de Integrações, a Gubee conta com funcionalidades exclusivas:

Múltiplos CNPJs

Apesar de ter como objetivo a centralização de vários marketplaces no mesmo painel, alguns Hubs de Marketplace limitam seu uso para apenas um CNPJ em todas as contas – ou cobram mais para incluir novos CNPJs.

Isso pode reduzir o potencial de expansão do negócio e criar novos obstáculos na operação.

A Gubee permite a incluir múltiplas contas, com mais de um CNPJ. Sem cobranças adicionais.

Precificação Dinâmica

Outro recurso menos comum, mas presente na Gubee, é a precificação dinâmica.

Com essa funcionalidade, a ferramenta poderá sugerir os melhores preços para seus anúncios com base em análises de mercado. Isso oferece vantagens competitivas para a empresa.

Logística Diversificada

A maioria dos marketplaces oferecem opções nativas para enviar os produtos aos clientes, mas a Gubee permite a integração com ferramentas que centralizam e otimizam a logística, como a Frenet ou DataFrete.

É importante levar em consideração a disponibilidade do Hub de Marketplace em se conectar a outros serviços de logística para otimizar ainda mais a administração das suas vendas.

Dados Estratégicos

Além das facilidades operacionais, a Gubee conta com recursos adicionais que podem otimizar o gerenciamento da empresa e contribuir para o desenvolvimento estratégico.

Isso inclui dashboards gerenciais, indicadores da operação, mapa de calor e relatórios de vendas que vão ajudar a entender quais são as tendências do negócio e fazer as vendas aumentarem.

Integração com Marketplaces

Talvez o ponto principal a se considerar ao escolher um Hub de Marketplace seja a variedade dos Marketplaces aos quais ele poderá se integrar.

E mais importante do que ser compatível com muitas plataformas, é ser compatível com as melhores do mercado. Por isso a Gubee oferece integração com as principais:

Na imagem, os maiores marketplaces do Brasil - todos compatíveis com o Hub de Marketplace Gubee
Na imagem, os maiores marketplaces do Brasil – todos compatíveis com o Hub de Marketplace Gubee

De acordo com a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, apenas 5 plataformas foram responsáveis por 80% das vendas online no país em 2022. 

As plataformas com mais vendas foram:

  • Mercado Livre
  • Americanas
  • Magazine Luiza
  • Via
  • Amazon

Com um parceiro confiável, você vende muito mais!

O Hub de Marketplace Gubee conta com ainda mais recursos para te ajudar a gerenciar múltiplos marketplaces e escalar sua operação.

Quer saber mais? Converse com um de nossos especialistas e descubra como a Gubee vai ajudar sua empresa a crescer!